Seleção de judô embarca para aclimatação no Japão

A seleção brasileira de judô embarcou nesta quarta-feira para Tóquio, no Japão, onde fará a aclimatação para os Jogos Olímpicos de Pequim. Os 13 atletas da equipe - sete homens e seis mulheres - vão treinar na International Budo University, em Katsuura, a uma hora da capital japonesa, até o dia 5 de agosto, quando seguem para a China. Além dos judocas, o grupo é formado por um coordenador-técnico, dois treinadores, três médicos, dois fisioterapeutas, duas nutricionistas, uma psicóloga e um estatístico. E ainda terá a colaboração de duas equipes brasileiras reservas - uma feminina e uma masculina - para os treinamentos técnicos. O time masculino está "muito bem preparado física e tecnicamente", nas palavras de Ney Wilson, chefe da equipe brasileira nos Jogos Olímpicos. "Mas alguns estão em um patamar mais elevado, como é o caso do Leandro Guilheiro, do João Derly e do Tiago Camilo", afirmou. Na equipe feminina, o desafio é subir no pódio pela primeira vez na história. Desde que as judocas passaram a tentar medalhas dos Jogos Olímpicos, em Barcelona/1992, o máximo que as mulheres do Brasil conseguiram foram três vezes o sétimo lugar de Edinanci Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.