Seleção feminina de vôlei considera ida à final 'merecimento'

'Estávamos ansiosas demais, mas conseguimos nos controlar. Essa é nossa hora e o grupo sente isso', diz Fabi

Agência Estado

21 de agosto de 2008 | 11h22

As jogadoras da seleção brasileira de vôlei feminino não conseguiam esconder a empolgação após vencer a China por 3 sets a 0, nesta quinta-feira, em Pequim, e garantir a classificação para uma final inédita de Olimpíada. O adversário será os Estados Unidos, que superaram Cuba na outra final fazendo 3 a 0. Para Sheilla, isso foi um prêmio ao trabalho duro do grupo."Nós merecemos esse momento. Olimpíada é isso, é merecimento", disse.Veja também: Vôlei feminino: Brasil faz 3 a 0 na China e vai à decisão do ouroA campanha brasileira na Olimpíada de PequimSobre a adversária da final, a brasileira admitiu que é uma surpresa. "O Estados Unidos surpreenderam todo mundo. Pode se dizer que é uma zebra", comentou.Já a líbero Fabi preferiu adotar outro discurso em relação ao adversário da final. "Não tem essa de zebra não. Se chegou à final é porque tem muito mérito", disse.As jogadoras concordaram, porém, que o mais difícil na partida desta quinta-feira contra as donas da casa foi controlar a ansiedade no início do jogo. "Todo mundo queria resolver logo, e essa ansiedade atrapalhou no primeiro set. Mas, passamos por isso e fizemos mais um 3 a 0, que dá muita força para o grupo", explicou Sheila. "Estávamos ansiosas demais, mas conseguimos nos controlar. Essa é nossa hora e o grupo está sentindo isso. Trabalhamos muito e merecemos viver isso", completou Fabi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.