CBTM/Divulgação
CBTM/Divulgação

Seleção masculina de tênis de mesa continua com ritmo intenso de treinos para Tóquio

Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Vitor Ishiy e Eric Jouti se preparam em Ochsenhausen, na Alemanha

Redação, Estadão Conteúdo

28 de junho de 2021 | 14h43

A seleção brasileira masculina de tênis de mesa continua se preparando em Ochsenhausen, na Alemanha, para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Desde o último dia 12, o grupo de atletas está completo e a comissão técnica conseguiu imprimir uma alta intensidade nos treinos na mesa já no terceiro ciclo de atividades previsto no planejamento inicial.

Por conta do retorno de Hugo Calderano ao Brasil, em maio, a comissão técnica optou por alterar este planejamento. O terceiro ciclo seguiu sem pausas e a última semana foi inteiramente dedicada aos treinamentos intensivos - a primeira completa nesta preparação olímpica. A seleção conta ainda com Gustavo Tsuboi, Vitor Ishiy e Eric Jouti.

Quem vem comandando os trabalhos na Alemanha é o consultor técnico da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Jean-René Mounié. Em razão de limitações por causa da pandemia de covid-19, Francisco Arado, o Paco, técnico da equipe masculina em Tóquio, permanece no Brasil e se junta ao grupo no Japão, no próximo dia 12.

Segundo Mounié, foi preciso realizar adaptações no planejamento estabelecido. "Tivemos quatro ciclos diferentes, mas no final precisamos adaptar nossas datas. No dia 18 encerraria o terceiro ciclo, mas os atletas permaneceram em atividade e treinaram forte. Todos treinaram muito bem", comemorou o profissional, que fez uma avaliação bem positiva do desempenho de todos em Ochsenhausen.

"O Gustavo é bem regular, como sempre. Ele se dedica bastante. Vitor está evoluindo muito, tem muito energia e trouxe isso para o grupo também. O Eric está muito focado, a qualidade do jogo dele é muito boa", afirmou.

Sobre Hugo Calderano, que fez um trabalho de recuperação no CT do Time Brasil, no Rio de Janeiro, no mês passado, as notícias são as melhores possíveis. "O Hugo voltou do Brasil com energia e está treinando muito bem. Ele já tem um nível bem alto e vai continuar este trabalho com muita intensidade até a viagem para o Japão", garantiu o técnico.

Após finalizar os treinos em Ochsenhausen, o grupo viaja no próximo dia 12 para Hamamatsu, no Japão, onde fará todo o trabalho de aclimatação e adaptação ao fuso horário. O grupo segue para Tóquio pouco antes do início das competições de tênis de mesa, marcada para o dia 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.