Seleção masculina de vôlei da Rússia se garante na Olimpíada

Em uma partida que reuniu os atuais campeões olímpicos e os vencedores da última edição da Liga Mundial, a Rússia se deu melhor e garantiu neste domingo a classificação para a Olimpíada do Rio ao triunfar na decisão do Pré-Olímpico Europeu, realizado em Berlim, na Alemanha. Assim, defenderá o ouro conquistado em Londres no mês de agosto no Rio.

Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2016 | 17h28

Para isso, a Rússia venceu, de virada, a França por 3 sets a 1, com parciais de 14/25, 25/16, 25/23 e 25/21, em 1 hora e 44 minutos. Yury Berezhko e Maksim Mikhailov foram os principais destaques da partida ao marcarem 18 pontos cada.

A Rússia subiu ao pódio do vôlei masculino nas últimas quatro edições da Olimpíada, mas apenas em Londres conseguiu o ouro. Antes, ficou com a prata nos Jogos de 2000, além de ter faturado o bronze em 2004 e 2008.

Apesar da derrota, a França ainda tem chances de se classificar para os Jogos do Rio, pois o segundo e o terceiro colocados do qualificatório europeu vão disputar o Pré-Olímpico Mundial, marcado para maio, no Japão, envolvendo 12 seleções.

Por isso, a disputa do terceiro lugar teve caráter decisivo. E, em um duelo equilibrado, a Polônia se deu melhor e superou a anfitriã Alemanha por 3 sets a 2, com parciais de 20/25, 25/22, 16/25, 28/26 e 16/14. Assim, se manteve com chances de jogar a Olimpíada.

Além da Rússia, outras quatro seleções já estão garantidos no torneio de vôlei masculino dos Jogos do Rio. São elas: Brasil (país-sede), Argentina (campeã do Pré-Olímpico Sul-Americano), Estados Unidos e Itália (campeã e vice, respectivamente, da Copa do Mundo de 2015). A competição será disputada entre 7 e 21 de agosto no Ginásio do Maracanãzinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.