CBF
CBF

Seleção olímpica recebe atletas que atuam no Brasil antes de viagem ao Japão

Os goleiros Brenno e Santos, o zagueiro Nino, os laterais Gabriel Menino, Abner e Arana e os meias Matheus Henrique e Claudinho se apresentaram

Redação, Estadao Conteudo

08 de julho de 2021 | 13h48

A seleção olímpica passou a ficar mais encorpada para a última etapa de preparação antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O grupo ganhou o reforço dos convocados que atuam no futebol brasileiro. Os goleiros Brenno e Santos, o zagueiro Nino, os laterais Gabriel Menino, Abner e Guilherme Arana e os meias Matheus Henrique e Claudinho se apresentaram ao técnico André Jardine.

"Estou muito honrado de representar meu país nessa Olimpíada. É um sonho para todo jogador. Nem consegui dormir direito essa noite de vontade de estar aqui, de ansiedade para rever os companheiros e começar a trabalhar logo", comentou Claudinho na chegada ao hotel onde a seleção está concentrada em São Paulo.

Conforme acordo com seus respectivos clubes, os jogadores foram liberados para a disputa da Olimpíada após o fechamento da 10ª rodada do Brasileirão. Dos oito, sete se juntaram ao grupo nesta quinta. O goleiro Brenno, do Grêmio, chegou à concentração na noite de quarta-feira após a derrota para o Palmeiras.

O único atleta que joga no Brasil e ainda não se apresentou é o lateral Daniel Alves. O veterano do São Paulo se junta à delegação na tarde desta quinta direto na Academia de Futebol, CT do Palmeiras, onde o técnico André Jardine comandará a primeira atividade já com os recém-chegados. A previsão é de um trabalho leve e de recuperação para esses jogadores, já que atuaram na noite de quarta em duelos do Brasileirão.

Com a chegada do grupo "brasileiro", a seleção olímpica está quase completa para a disputa em Tóquio. Jardine terá 17 dos 22 convocados à sua disposição. Apenas Bruno Guimarães, Gabriel Martinelli, Richarlison e Douglas Luiz, estes dois últimos que estão com a seleção principal na disputa da Copa América, ainda não se apresentaram. Eles se juntam ao grupo já no Japão. Além disso, Jardine ainda vai anunciar o substituto para o zagueiro Gabriel Magalhães, cortado por lesão no joelho.

A delegação brasileira embarca para o Japão nesta sexta-feira. Lá, encerra a preparação até a estreia nos Jogos Olímpicos, programada para o dia 22, contra a Alemanha. Em Tóquio, o Brasil busca o segundo ouro olímpico depois de ter conquistado o título pela primeira vez há quatro anos, nos Jogos do Rio. Além da Alemanha, na fase de grupos a seleção enfrenta a Costa do Marfim, dia 25, e a Arábia Saudita, no dia 28.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.