John G. Mabanglo/EFE
John G. Mabanglo/EFE

EUA pré-convocam 30 para Olimpíada e chamam força máxima

Kobe Bryant fica de fora da lista de 'Coach K'

Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2016 | 15h28

O técnico Mike Krzyzewski, o Coach K, deverá contar com os melhores jogadores dos Estados Unidos para formar mais um ''Dream Team'' nos Jogos Olímpicos do Rio. O treinador da seleção norte-americana masculina de basquete anunciou sua pré-convocação de 30 nomes nesta segunda-feira e listou todos os melhores atletas disponíveis. Entre os que ficam de fora, destaque para Kobe Bryant, que se aposenta ao fim da temporada e voltou atrás na decisão de defender o país no Rio, e Tim Duncan, que já se despediu da seleção. Mas, dos 30, só 12 vão para a Olimpíada.

Ainda que só se reúna para jogar duas vezes por ciclo olímpico (para o Mundial e para a Olimpíada), a seleção norte-americana tem um elenco fixo. Na única convocação desde o título mundial de 2013, o Coach K chamou oito novatos para um camping de três dias de treinos em Las Vegas. Desses, só Jimmy Butler (Chicago Bulls), Draymond Green (Golden State Warriors), Harrison Barnes (Golden State Warriors), Mike Conley (Memphis Grizzlies) e DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers) seguem no grupo.

O atual campeão, o Golden State Warriors, tem um time inteiro entre os convocados: Barnes, Green, Stephen Curry, Andre Iguodala e Klay Thompson. Do Oklahoma City Thunder vêm Kevin Durant e Russell Westbrook. Do Cleveland Cavaliers, Kyrie Irving, Kevin Love e LeBron James.

"Esse processo de seleção foi difícil desde o início e obviamente vai se tornando mais difícil até que nos olharmos para definirmos os 12 convocados", comentou o Coach K. "Estou entusiasmado com as possibilidades que esse time tem. Temos muitos jogadores que já ganharam medalhas de ouro em Olimpíadas e em Mundiais."

Krzyzewski, técnico da Universidade de Duke, assumiu a seleção dos EUA em 2006 e, naquele ano, foi derrotado na semifinal do Mundial pela Grécia. Desde então, passou a reunir os melhores do país no Dream Team e nunca mais perdeu. São 52 vitórias em jogos oficiais, 75 no total. Sob o comando dele, os EUA ganharam o Mundial em 2010 e 2014, a Olimpíada em 2008 e 2012, e a Copa América de 2007, uma vez que foi necessário jogar o torneio para obter vaga em Pequim.

Por isso, ver os melhores do mundo na seleção dos EUA passou a ser algo regular. Carmelo Anthony e LeBron James vão em busca do quarto ouro olímpico de cada um. Só eles e David Robinson jogaram três Olimpíadas pelo país, feito que Chris Paul também busca no Rio.

Do time que jogou em Londres, ficam de fora Tyson Chandler, Deron Williams e Kobe Bryant. Todos os demais nove campeões seguem no time. Já da equipe que ganhou o Mundial de 2014, não estão na convocação Derrick Rose e Mason Plumlee. Só LaMarcus Aldridge e Jimmy Butler nunca defenderam os EUA.

Quase todos os melhores jogadores da temporada na NBA nas estatísticas estão entre os convocados. As exceções são Rajon Rondo, líder de assistências, e Ricky Rubio, líder em roubos de bola, que é espanhol.

CONFIRA A CONVOCAÇÃO COMPLETA:

Armadores: Mike Conley (Memphis Grizzlies), Stephen Curry (Golden State Warriors), Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), Chris Paul (Los Angeles Clippers), John Wall (Washington Wizards), Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder).

Alas-armadores: Bradley Beal (Washington Wizards), Jimmy Butler (Chicago Bulls), DeMar DeRozan (Toronto Raptors), James Harden (Houston Rockets), Klay Thompson (Golden State Warriors).

Alas: Carmelo Anthony (New York Knicks), LeBron James (Cleveland Cavaliers), Harrison Barnes (Golden State Warriors), Kevin Durant (Oklahoma City Thunder), Rudy Gay (Sacramento Kings), Paul George (Indiana Pacers), Gordon Hayward (Utah Jazz), Andre Iguodala (Golden State Warriors), Kawhi Leonard (San Antonio Spurs).

Alas-pivôs: LaMarcus Aldridge (San Antonio Spurs), Anthony Davis (New Orleans Pelicans), Kenneth Faried (Denver Nuggets), Draymond Green (Golden State Warriors), Blake Griffin (Los Angeles Clippers), Kevin Love (Cleveland Cavaliers).

Pivôs: DeMarcus Cousins (Sacramento Kings), Andre Drummond (Detroit Pistons), Dwight Howard (Houston Rockets), DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers).

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAOlimpíadaRio-2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.