Divulgação
Divulgação

Convocação da ginástica feminina para Rio não tem surpresas

Equipe que conquistou vaga em abril será a mesma na Olimpíada

Estadão Conteúdo

08 de julho de 2016 | 15h04

Anunciada nesta sexta-feira, a convocação da seleção brasileira feminina de ginástica artística que vai disputar os Jogos Olímpicos do Rio não traz surpresas. A equipe é a mesma que, em abril, conquistou a vaga olímpica para o País: Daniele Hypolito, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane Oliveira e Rebeca Andrade.

Naquela competição, Carolyne Pedro, de apenas 15 anos, também competiu, uma vez que o Pré-Olímpico permitia a participação de seis ginastas por país. Na Olimpíada, a cota cai para cinco ginastas por equipes e, por isso, a própria Carolyne fica como reserva.

No sábado, a equipe participa de um amistoso em Beekbergen, na Holanda, contra as donas da casa, a Suécia e a Austrália. Lá, também estão Julie Kim Sinmon e Milena Theodoro, mais experientes, que acabaram preteridas no posto de reserva.

"A nossa equipe foi muito bem no evento-teste e não tínhamos dúvidas em relação às convocadas. Agora, a nossa decisão se baseia em quais ginastas irão competir cada prova, mas esse é nosso segredo, como parte da estratégia. Queremos o maior número de finais possíveis para estarmos perto das possibilidades de medalhas. Todas as meninas estão bem para isso", comenta Georgette Vidor, coordenadora da seleção.

Na fase de classificação da Olimpíada, que vai acontecer em 7 de agosto, domingo, quatro ginastas competem em cada aparelho. A tendência é que Flávia e Rebeca compitam em todos, para que possam brigar por finais no individual geral. O segredo guardado a sete chaves é quem, entre Lorrane, Daniele e Jade, fica fora em cada aparelho.

Ou, ainda, se Lorrane também tenta o individual geral. Aí, Daniele e Jade, únicas com experiência olímpica, se revezam entre os quatro aparelhos. A veterana, de 31 anos, vai para a quinta Olimpíada, igualando Fofão, do vôlei, e Formiga, do futebol. Esta última, porém, deverá ser convocada na terça-feira para ir à sexta Olimpíada e se isolar entre as recordistas. Fernanda Oliveira, da vela, e Adrianinha, do basquete, também estão indo para a quinta participação.

Já Jade Barbosa, aos 25 anos, vai para sua segunda Olimpíada, apenas. Ela fez três finais em Pequim, em 2008, ficando em 10.º no individual geral e em sétimo no salto. Depois, sofreu com lesões. Em 2012, chegou a ser convocada para ir aos Jogos de Londres, mas foi cortado por não concordar com os termos do contrato de uso de uniformes e marcas.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Adicione o número (11) 99371-2832 aos seus contatos, mande um WhatsApp para nós e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio-2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.