Sem vencer provas individuais, Thiago Pereira é premiado como o melhor do Pan

Thiago Pereira pulou na piscina em Toronto para nadar apenas três provas individuais e não ganhou nenhuma delas. O brasileiro faturou três medalhas de ouro, todas em revezamento, mas só em uma dessas provas participou da final. Mesmo assim, o nadador foi premiado como melhor atleta dos Jogos Pan-Americanos e foi homenageado na noite de quinta-feira, em Washington.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 15h24

Na capital norte-americana está acontecendo a assembleia geral da Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC, na sigla em inglês). A entidade aproveitou a cerimônia de gala na quinta à noite para realizar o ''ANOC Awards'', premiando os melhores atletas, no masculino e no feminino, dos jogos continentais.

Do Pan de Toronto foram escolhidos Thiago Pereira e a atiradora norte-americana Kim Rhode, ouro no skeet e três vezes campeã olímpica. Nenhum dos dois teve resultados expressivos no Canadá e acabaram premiados pelo histórico. Thiago se tornou, em Toronto, no atleta com mais medalhas na história dos Jogos Pan-Americanos.

"Estou muito feliz por receber essa honraria, um orgulho pra mim e para o Brasil. Momento único! Gostaria de agradecer também ao Comitê Olímpico Brasileiro aqui presente com seu presidente Carlos Arthur Nuzman. Espero que a Rio-2016 seja uma olimpíada incrível e aguardo todos no meu país para assistir aos Jogos", disse Thiago ao receber o prêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.