Loic Venance/AFP
Loic Venance/AFP

Simone Biles agradece ao apoio dos fãs: 'Eu sou mais do que minhas realizações'

Uma das principais estrelas dos Jogos de Tóquio, ginasta desistiu das finais por equipe e individual geral para tratar de sua saúde mental

Redação, Estadão Conteúdo

29 de julho de 2021 | 03h02

Dois dias depois de se retirar da disputa das finais do individual geral, que serão disputadas nesta quinta-feira, ao alegar 'problemas médicos', a superestrela da ginástica Simone Biles agradeceu ao apoio recebido de milhões de pessoas ao redor do mundo por intermédio de mensagens nas redes sociais.

"A demonstração de amor e apoio que recebi me fez perceber que sou mais do que minhas realizações e ginástica nas quais eu nunca acreditei antes", disse a seis vezes medalhista olímpica, que desembarcou em Tóquio como o maior nome da Olimpíada.

O apoio para Biles veio da ex-primeira-dama Michelle Obama. "Sou boa o suficiente? Sim, sou. O mantra que pratico diariamente. Simone_Biles, estamos orgulhosos de você e torcendo por você." O medalhista de bronze da equipe olímpica de 2018, Adam Rippon, também se pronunciou: "Não consigo imaginar a pressão que Simone está sentindo. Mandando tanto amor para ela. É fácil esquecer que ela ainda é humana."

Na quarta-feira, a Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics, sigla em inglês), anunciou que Biles não participaria da final feminina geral. "Após uma avaliação médica adicional, Simone Biles se retirou da competição individual geral final dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a fim de se concentrar em sua saúde mental", disse um comunicado do órgão dirigente. "Simone continuará a ser avaliada diariamente para determinar se participará ou não nas finais de eventos individuais da próxima semana."

Durante a disputa por equipes, na terça-feira, Biles demonstrou desconforto após falhar na execução do salto. Ela recebeu uma nota menor que Grace McCallum e Jordan Chiles e, após conversar com seus treinadores, foi Sunisa Lee antes do início da segunda rodada.

Biles, que será substituída na competição desta quinta-feira por Jade Carey, a terceira melhor ginasta dos Estados Unidos nas eliminatórias. se classificou para todas as quatro finais dos aparelhos, que serão disputadas entre domingo e quarta-feira da semana que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.