Suspenso por doping na Austrália, ouro olímpico da canoagem fica fora do Rio-2016

Campeão olímpico do K4 na canoagem velocidade nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, o australiano Tate Smith não vai poder defender seu título na Olimpíada do Rio. Nesta quarta-feira, a Agência Antidoping da Austrália informou que a Corte Arbitral do Esporte (CAS) manteve a suspensão de dois anos, por doping, que impede ao canoísta voltar a competir até setembro do ano que vem.

Estadão Conteúdo

28 de outubro de 2015 | 08h56

Smith tentou alegar à CAS que a substância para a qual testou positivo no ano passado, estanozolol (um dos esteroides anabolizantes mais utilizados no fisiculturismo), estava presente na água na qual ele treinava. Mas a corte suíça entendeu que o argumento não se embasava, porque o canoísta não explicou como ela entrou no seu corpo e, porque seus companheiros de treinos passaram pelo mesmo exame, no mesmo dia, e não testaram positivo.

O doping foi registrado em um exame fora de competição em julho do ano passado, na Hungria. A suspensão começou a valer em 8 de setembro e, por isso, vale até esta mesma data do ano que vem. Os Jogos Olímpicos do Rio vão acontecer em agosto, entre os dias 5 e 21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.