Taiwan encerra polêmicas e participará de Jogos Olímpicos

A delegação olímpica taiwanesa é integrada por 60 atletas e a ilha competirá em 15 modalidades em Pequim

EFE,

30 de julho de 2008 | 14h45

O presidente de Taiwan, Ma Ying-jeou, disse nesta quarta-feira que estão solucionadas as polêmicas sobre o nome chinês da delegação olímpica taiwanesa e sua posição no desfile de abertura nos Jogos de Pequim, dia 8 de agosto."Já foram resolvidas as disputas sobre a designação da equipe olímpica de Taiwan e sua ordem de aparição na cerimônia de abertura", disse Ma, em encontro com a delegação do país na cidade portuária de Kaohsiung.O chefe de Estado taiwanês espera que a ilha obtenha mais medalhas em Pequim do que nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, quando seu país conseguiu dois ouros, duas pratas e um bronze.A delegação olímpica taiwanesa é integrada por 60 atletas e a ilha competirá em 15 modalidades, com probabilidades de obter medalhas no tae kwon do, halterofilismo, tiro com arco e tênis.O governo chinês e o governante Partido Kuomintang de Taiwan chegaram a um acordo para que a imprensa do país dos Jogos chame a delegação taiwanesa de 'Zhonghua Taibei', que não indica que a ilha pertence à China.A delegação olímpica de Taiwan será a 24.ª no desfile inaugural, entre as delegações da República Centro-Africana e de Hong Kong, de acordo com o número de traços de seu nome em chinês.Nos Jogos anteriores, a delegação de Taiwan desfilava como TPE e ordenada alfabeticamente.No entanto, o independentista Partido Democrata Progressista (PDP) considera insatisfatórios os acordos com a China sobre o nome da delegação olímpica taiwanesa e a posição do país no desfile antes de Hong Kong.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008Taiwan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.