Talita e Renata param em Walsh e May e tentam o bronze na praia

Talita e Renata bem que tentaram, masdiante de um jogo "perfeito" da dupla norte-americana de vôleide praia campeã olímpica Kerri Walsh e Misty May-Treanor, nãodeu. Foram 2 sets a 0 com parciais dilatadas apesar do esforçodas brasileiras em melhorar o placar. Talita e Renata agoradisputarão a medalha de bronze contra uma de duas duplaschinesas classificadas na semifinal. Depois de um primeiro set "muito ruim", segundo a própriaRenata, em que as norte-americanas fizeram 21-12 em 20 minutos,as brasileiras começaram o segundo set correndo atrás doprejuízo, igualando o marcador até o 12o ponto do Brasil. A partir daí, a dupla brasileira vacilou e, quando acordou,o placar já estava em 20-12 para as norte-americanas, que nãoperdem um jogo sequer há um ano e fecharam em 21-14. "Elas têm o mérito de conseguir parar o jogo do adversário.A gente foi muito ruim no primeiro set, mas no segundo a genteteve paciência para buscar, mas não deu. Elas jogaramperfeito", disse Renata depois da partida. "Com elas é assim, quando você vê elas passam com o carroem cima", afirmou a brasileira. As norte-americanas, nos breves 39 minutos de jogo, erraramapenas seis serviços, enquanto as brasileiras erraram seis.Além disso, Walsh e May fizeram 14 pontos em erros de Talita eRenata, enquanto as a dupla do Brasil conseguiu apenas três. "Se você balança, elas te superam, elas são um time muitosuperior, que ainda por cima jogou muito bem", disse Talita. Segundo a brasileira, a série de erros cometidos por suadupla aconteceu porque a estratégia era de arriscar durantetoda a partida para tentar quebrar a sequência de passes dasnorte-americanas. "Esse era o nosso jogo, arriscar tudo", disse Talita,Rainha da Praia em 2008. As brasileiras, além dos diplomáticos elogios àsnorte-americanas, afirmaram que vão torcer por Walsh e May nafinal porque "elas são as melhores", disse Renata na brevecoletiva de imprensa que se seguiu ao jogo, disputado em umaarena lotada e com 83 por cento de umidade e 24 graus detemperatura. Sobre a disputa do bronze, Talita e Renata afirmaram que,independente de qual das duplas da China pegarem, o jogo serádifícil. "A gente espera jogar o que jogou hoje contra elas,mas um pouco mais. A pressão estará com elas, que ficarãoescutando a torcida enquanto a gente não vai entender nada doque o público for gritar", disse Talita. Muito sorridentes e distribuindo beijos e abraços a quem seaproximava, Walsh e May disseram que vão torcer por Renata eTalita na disputa do bronze. "Vejo o destino delas sendo o bronze. Vamos ficar lado alado no pódio", disse May na coletiva. O jogo pela disputa do bronze acontece na quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.