Divulgação
Divulgação

Técnico do Brasil prevê mais dificuldade contra o Congo no Mundial

Morten Soubak elogia rivais desta segunda-feira no handebol

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2015 | 15h37

Apesar de serem as atuais campeãs, a seleção brasileira feminina de handebol comemorou muito o empate com a Coreia do Sul na estreia do Mundial da Dinamarca. Isso porque o time verde-amarelo permaneceu o tempo todo atrás do placar e conseguiu a igualdade em 24 a 24 graças a um gol no último segundo de partida. Para não sofrer novamente e evitar novos dramas rumo às oitavas de final, o técnico dinamarquês Morten Soubak fez questão de dizer que o próximo adversário, a seleção da República Democrática do Congo, cresceu muito na modalidade, apesar de ser considerada um das zebras do grupo.

"Nada mudou. Vamos seguir dando um passo de cada vez. Amanhã (segunda-feira) é o Congo e nós só temos uma coisa na cabeça que é ganhar o próximo jogo e seguir em busca da classificação. É um adversário que está crescendo, com várias atletas que jogam fora do país", comentou o treinador do Brasil.

Depois das africanas, a seleção brasileira enfrentará ainda a Alemanha na terça-feira, a Argentina na quinta e a França na sexta. Todas pelo Grupo C da primeira fase do campeonato. Após o empate na estreia, o Brasil ocupa a terceira posição da chave. A França lidera, seguida pela Argentina - as duas equipes venceram na primeira rodada. A Coreia do Sul aparece empatado em terceiro, a República Democrática do Congo na quinta e, por último, a Alemanha.

"Fizemos o treino de hoje (domingo) pensando no nosso próximo adversário. Antes do jogo contra a Coreia foi um treinamento diferente porque elas defendem diferente e o Congo já é outra coisa. A Coreia tem uma defesa 3 x 3 e o Congo 5 x 1. Então, para cada partida, temos que nos adaptar", disse a central Ana Paula, artilheira do Brasil na estreia com sete gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.