Tocha olímpica chega em Buenos Aires sob segurança

Expectativa é que novos protestos aconteçam durante a passagem da tocha nas ruas da capital argentina

Agência Estado

10 de abril de 2008 | 18h10

A tocha olímpica chegou nesta quinta-feira em Buenos Aires praticamente escondida. Logo que o avião com o principal símbolo máximo dos Jogos Olímpicos chegou de São Francisco, a tocha foi levada para um local secreto, segundo informou o subsecretário de esportes de Buenos Aires, Francisco Irarrazábal.Veja também:  China enfrenta oposiçao também dentro de casa Passagem da tocha por Buenos Aires na sexta pode ter protestos  China diz ter impedido plano terrorista contra os Jogos  Entenda o conflito entre Tibete e China Não ocorreram manifestações antes da chegada da tocha olímpica. A cerimônia, em Buenos Aires, acontecerá amanhã e vai percorrer 14 quilômetros. Aproximadamente 5.700 pessoas serão responsáveis pela segurança durante o trajeto.Diego Maradona, que havia sido escolhido para ser o primeiro atleta a carregar a tocha, não deve participar, já que está no México, onde será homenageado no sábado pelo Necaxa. O jogar de vôlei de praia Emanuel, campeão olímpico em Atenas, será o único brasileiro a participar do revezamento.Alguns ativistas favoráveis ao Tibete já adiantaram que realizarão protestos diferentes, mas sem violência durante o percurso. Depois de Buenos Aires, a tocha olímpica vai para Dar es Salaam, na Tanzânia, onde desfilará no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.