Tocha olímpica é recebida com entusiasmo na 'Cidade do Coco'

Em sua passagem pelo país dos Jogos, fogo olímpico não encontra protesto de manifestantes pró-Tibete

EFE

06 de maio de 2008 | 11h03

A tocha olímpica completou nesta terça-feira mais um dia de sua passagem pela China na cidade de Haikou - capital da ilha tropical de Hainan e apelidada de "Cidade do Coco". Na cerimônia a tocha foi recebida com aplausos e apoio total pela população local, anunciou a imprensa chinesa. Veja também: O trajeto completo do revezamento da tocha pelo mundo  China vai submeter pacotes olímpicos a raios X Começa a terceira fase da venda de ingressos para Olimpíadas Dezenas de milhares de pessoas acompanharam a passagem pela cidade, muitas delas com bandeiras olímpicas e da China, após um percurso de 30 quilômetros nos quais foi carregada em meio às principais atrações turísticas da localidade. Após sua passagem pela ilha, a tocha entrará nesta quarta na parte continental da China e seguirá sua rota de três meses por todo o país, na cidade de Cantão, capital da província de mesmo nome. A acidentada passagem da tocha pelo mundo, em que encontrou protestos de grupos pró-direitos humanos e favoráveis à independência tibetana, ficou mais tranqüila desde que o fogo olímpico chegou à China. Entretanto, a passagem pelo Tibete, em junho, poderá voltar a causar polêmica. Enquanto isto, outra parte do fogo sagrado está no Acampamento Base do Everest e espera as condições climáticas adequadas para ser levada por 36 montanhistas - entre eles 24 tibetanos - ao topo do monte mais alto do planeta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.