Tocha Olímpica passa pela China apesar de protestos

A Grécia passou no domingo a tochaOlímpica à China, sede dos Jogos de 2008, apesar das tentativasde manifestantes pró-Tibet de interromper a cerimônia. Um pequeno grupo de ativistas tentou impedir que a tochachegasse ao estádio de Atenas, onde as autoridades de Pequimesperavam, mas foram rapidamente contidos pela polícia grega. Centenas de policiais se posicionaram na rota da tocha euma carreata de veículos de segurança seguiu os portadores datocha. Havia também helicópteros acompanhando a operação. Estassão as medidas de segurança mais rigorosas desde que orevezamento da tocha foi implementado, nos Jogos de Berlim, em1936. "Em 130 dias começam as Olimpíadas de Pequim. Nós e outrasnações estamos ansiosos por este momento", disse o chefe daorganização, Liu Qi, antes de receber a tocha. Os Jogosacontecerão de 8 a 24 de agosto. Os manifestantes, que levavam bandeiras do Tibet e gritavam"Tibet livre" e "China fora do Tibet", não conseguiram romper ocordão da polícia e chegar ao portador da tocha antes delachegar ao estádio, disse uma testemunha da Reuters. A polícia deteve 21 gregos e estrangeiros pelos protestos,mas disse que eles seriam liberados depois. Vários outros foramafastados com cordões da polícia. Ativistas em defesa dos direitos humanos interromperam nasegunda-feira a cerimônia em que a tocha foi acesa. Elesseguravam cartazes com mensagens que condenavam os direitos daChina. O evento foi televisionado mundialmente. "Vejam todos esses policiais e toda essa segurança", disseYiorgas Konstandopoulos, clérigo que assistia à cerimônia noestádio onde aconteceram as primeiras Olimpíadas modernas, em1896. "É culpa do Comitê Olímpico Internacional, por terpermitido que os Jogos acontecessem na China". A tocha chegará a Pequim na segunda-feira. Ela voltará àÁsia no meio de abril, depois de uma viagem ao redor do mundo,e então começa uma jornada pela China no começo de maio. REUTERS MR DL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.