Tocha olímpica passa por Songyuan em meio a recorde

Chineses levam o ano da competição a sério e registram recordes no Guinness com o número 2.008

EFE

15 de julho de 2008 | 09h53

Os habitantes de Songyuan, na província de Jilin, receberam nesta terça a tocha olímpica com 2.008 músicos tocando ao mesmo tempo o morin khuur - um violino que tem uma cabeça de cavalo no cabo -, o que foi registrado como um novo recorde Guinness por um membro da organização.Os 2.008 músicos começaram a tocar os instrumentos quando a primeira pessoa a carregar a tocha, o prefeito da cidade, Li Shu, começou o percurso em meio a danças tradicionais e a soltura de 2.008 globos e 2.008 pombas. A última pessoa a carregar a tocha foi a atriz Bai Qing, que levou o fogo olímpico à praça Dongzhen, onde acendeu a pira.Antes, houve uma homenagem a Zhang Xueling, general do Kuomintang celebrado como herói pelo Partido Comunista por sua oposição frontal a Chiang Kai-shek.Além disso, Zhang patrocinou a viagem do velocista local Liu Changchun para que disputasse os Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1932.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.