Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Tocha paralímpica chega ao Rio nesta terça e tem roteiro de revezamento definido

Chama será conduzida por 360 pessoas diferentes

Roberta Pennafort, Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2016 | 15h48

A tocha paralímpica vai circular pelo Rio nesta terça e quarta-feira, quando serão abertos os Jogos Paralímpicos. No primeiro dia, estará nos bairros do centro, Lapa, Vila Isabel, Grajaú (zona norte), Campo Grande, Bangu, Realengo, Magalhães Bastos, Deodoro (zona oeste) e Madureira (de volta à zona norte). Na quarta, passará pela Barra da Tijuca, Recreio (zona oeste), Leblon, Ipanema, Copacabana (zona sul). A prefeitura vai fechar ruas em todos os bairros para a passagem da tocha, que será conduzida por 360 pessoas diferentes.

O fogo paralímpico será acendido nesta terça manhã no Museu do Amanhã, no centro, a partir da união das chamas que viajaram pelas cidades de Belém, Natal, São Paulo e Joinville. As duas piras olímpicas da cidade serão acesas na quarta: a que fica dentro do Maracanã, onde será a cerimônia de abertura dos Jogos, a partir das 18h15, e a chamada "pira do povo", que fica em frente à Igreja da Candelária, no Boulevard Olímpico, no centro da cidade, apreciada por quem passeia por ali.

Nesta segunda-feira, a organização dos Jogos anunciou um aumento considerável na procura por ingressos para assistir aos eventos no Rio. De acordo com o novo balanço divulgado durante o dia, 1,5 milhão de entradas já foram compradas, com outro um milhão disponível. A expectativa é de que todos os bilhetes serão vendidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.