Jogos Olímpicos; Tóquio-2020
Jogos Olímpicos; Tóquio-2020

Tóquio-2020 assegura que atraso em obras não afetará eventos-teste da Olimpíada

Construção dos locais onde serão disputadas as competições da natação e do remo estão fora do cronograma

Estadão Conteúdo

28 Julho 2018 | 09h14

Os organizadores dos Jogos de Tóquio, em 2020, insistiram neste sábado que os atrasos na construção de duas instalações não terá impacto nos preparativos para os Jogos, incluindo a realização de eventos-teste.

O Governo Metropolitano de Tóquio anunciou no mês passado que a construção do Centro Aquático Olímpico e da instalação que receberá os eventos do remo terão atraso de dois meses. Mesmo assim, os organizadores asseguram que isso não provocará alterações no cronograma de eventos.

"Apesar do anúncio do Governo Metropolitano de Tóquio (TMG, na sigla em inglês) no mês passado de que a construção do Centro Aquático Olímpico e do Sea Forest Waterway está atrasado em dois meses, tanto o TMG quanto o Comitê Tóquio-2020 podem confirmar que o cronograma de construção não terá impacto nos preparativos dos Jogos nos eventos-teste", afirmou Masa Takaya, porta-voz do Comitê Organizador da Olimpíada de 2020.

Takaya disse que a instalação que sediará as competições do remo será concluída em maio de 2019, permitindo que um evento-teste ocorra em agosto, como atualmente está programado.

O Centro Aquático Olímpico, que hospedará a natação, o nado sincronizado e os saltos ornamentais, deve ser concluído em fevereiro de 2020. A expectativa é de que os eventos-teste no local ocorram a partir de abril.

"Em geral, Tóquio-2020 está no caminho certo para entregar os Jogos em dois anos. Nosso recente relatório ao Comitê Executivo do COI foi bem recebido, e o COI reconheceu que os preparativos de Tóquio estão sendo realizados com ênfase em gerenciamento de projetos e na qualidade", afirmou Takaya.

Os Jogos Olímpicos de 2020 estão agendados para o período de 24 de julho a 9 de agosto.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.