Ueslei Marcelino|Reuters
Ueslei Marcelino|Reuters

'Trabalhamos bastante para viabilizar a Olimpíada', diz Dilma

COI também exibe confiança na preparação do Brasil

Gustavo Porto e Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

19 de abril de 2016 | 15h47

A presidente Dilma Rousseff (PT) avaliou há pouco, na tarde desta terça-feira, em entrevista a jornalistas estrangeiros, que o governo segue trabalhando bastante para viabilizar a Olimpíada no Brasil e afirmou que ainda acredita na retomada do crescimento do País.

"Continuamos sendo a sétima e oitava economia do mundo e vamos galgar novos degraus. Acredito nisso, lutarei por isso e um dos motivos pelos quais tenho a tranquilidade de resistir é esse", afirmou a presidente. "Trabalhamos bastante para viabilizar os Jogos Olímpicos e todas as estruturas esportivas, a capacidade de se comunicarem com o mundo".

Correndo o risco de perder o mandato presidencial, Dilma poderá estar afastada do cargo durante os Jogos Olímpicos, em agosto. A situação política atípica no Brasil motivou um comentário do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, nesta terça, em Lausanne.

Para ele, a Olimpíada será realizada em circunstâncias "sem precedentes". "Sabemos que a situação política e econômica no Brasil continuará a fazer a preparação final ser desafiadora", indicou o presidente do COI. "Apesar dos desafios, continuo convencido de que o Rio-2016 será um verdadeiro espetáculo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.