Trens percorrerão a China para espalhar espírito olímpico

Quatro veículos serão transformados em museus dos Jogos para ensinar a história da competição aos chineses

Efe,

11 de outubro de 2007 | 09h06

Quatro trens transformados em museus da história dos Jogos Olímpicos percorrerão a China para promover o espírito olímpico entre a população quando faltam 302 dias para os Jogos Olímpicos de Pequim, segundo informou nesta quinta-feira o jornal estatal China Daily. Os trens estarão equipados com telas, fotografias e objetos que ilustrarão a história dos Jogos Olímpicos e de suas mais conhecidas estrelas, embora também não faltarão os costumes e tradições chineses. O percurso dos trens incluirá as cidades de Xangai, Cantão, Xian, Changsha e, certamente, a sede dos Jogos, Pequim. A iniciativa é dirigida especialmente aos jovens, mas também aos maquinistas dos trens para "estimular o entusiasmo e a inovação" em seu trabalho, segundo os organizadores, que asseguraram que nestes quatro trens trabalharão os "funcionários-modelo" do serviço ferroviário chinês. Além disso, durante a apresentação dos trens, quatro jovens voluntários se comprometeram com os Jogos Olímpicos, como QinYinzhu, um estudante de direito mercantil que explicou que seu trabalho como voluntária consistirá em "ajudar os participantes e visitantes e encorajar os atletas".

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.