Agência Brasil| Divulgação
Agência Brasil| Divulgação

Troca de ministro do Esporte não atrapalha Olimpíada, diz Paes

Prefeito do Rio celebra indicação de Picciani para o cargo

Roberta Pennafort, Estadão Conteúdo

13 de maio de 2016 | 13h03

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse que não acredita que a troca de comando no Ministério do Esporte vá atrapalhar a preparação do Brasil para a Olimpíada, que começa daqui a 84 dias. "De jeito nenhum (atrapalha). A Olimpíada é conduzida principalmente pela prefeitura", disse, celebrando a indicação de Leonardo Picciani para o cargo.

"A gente fica muito feliz com a indicação do deputado Leonardo Picciani para o cargo (ele é do PMDB, partido de Paes). Amanhã ele vem comigo inaugurar uma arena do Parque Olímpico, depois temos reunião de trabalho. Temos o compromisso do presidente Michel Temer de continuar apoiando os Jogos Olímpicos, tenho certeza de que será um enorme sucesso", acrescentou o prefeito do Rio, nesta sexta-feira.

As declarações foram dadas por Paes em cerimônia no Museu do Amanhã para o lançamento do Passaporte Cultural Rio, que dará gratuidade e descontos em mais de 700 atrações culturais de agora a setembro, período que inclui os Jogos. Paes fez uma crítica à junção dos ministérios da Educação e da Cultura por Temer, presidente em exercício.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.