Venda de últimos ingressos causa tumulto em Pequim

A duas semanas da cerimônia de abertura da Olimpíada, a venda dos últimos ingressos para os Jogos causou tumulto em Pequim. Nesta sexta-feira, cerca de 50 mil pessoas - segundo as autoridades - estavam nos arredores do estádio Ninho de Pássaro, em busca dos 250 mil ingressos restantes. A disputa foi marcada por empurrões e teve intervenção da polícia. Quando as autoridades decidiram abrir novas bilheterias em parte dos pontos de venda, a situação piorou. As pessoas corriam para os novos guichês, causando ainda mais desentendimentos. A polícia chinesa não divulgou o número de feridos, mas houve pessoas com escoriações devido a quedas e ao empurra-empurra. Também foram registrados casos de torcedores que não conseguiram os ingressos para as modalidades que gostariam de assistir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.