Votação para porta-bandeira da delegação do Brasil chega a dois milhões de votos

Robert Scheidt, Yane Marques e Serginho são os candidatos

Marcio Dolzan, Rio de Janeiro, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2016 | 15h06

A votação popular para definir quem será o porta-bandeira da delegação do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio-2016 atingiu dois milhões de votos. Os candidatos são o velejador Robert Scheidt, a pentatleta Yane Marques e o líbero da seleção brasileira de vôlei Serginho. A votação acontece pela internet e o vencedor será conhecido no domingo.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) não revela quem está liderando a votação, mas informou nesta sexta-feira que o primeiro colocado tem quase a mesma quantidade de votos dos outros dois candidatos somados.

Entre os candidatos, Scheidt é o único a já ter sido porta-bandeira da delegação brasileira. Ele conduziu o símbolo nacional nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. A escolha dos candidatos foi amparada no histórico de conquistas de medalhas em outras edições dos Jogos. O COB, contudo, não incluiu os atletas que competirão dia 6 de agosto, um dia depois da cerimônia de abertura. São os casos da judoca Sarah Menezes, do ginasta Arthur Zanetti e das jogadoras do vôlei de quadra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.