Wanjiru ganha para o Quênia o sonhado ouro na maratona

A longa espera do Quênia por suaprimeira medalha de ouro olímpica em uma maratona terminouneste domingo (horário local), quando Sammy Wanjiru venceu aprova no calor de Pequim e ainda bateu o recorde Olímpico com2h06min32. Apesar de sua grande tradição em provas de longa distânciae de grandes vencedores de maratonas, o título olímpico sempreescapou do país africano, mas eles chegaram a Pequim confiantesde que a espera iria terminar.Wanjiru permaneceu sempre no grupo da frente, que tinha nãomais que três corredores na altura do quilômetro 35. Ele fez seu ataque decisivo pouco depois, para terminar comboa vantagem à frente do marroquino Jaouad Gharib, medalha deprata. Tsegay Kebede passou seu exausto compatriota etíopeDeriba Merga na volta final, dentro do Ninho do Pássaro,levando o bronze.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.