Werder Bremen veta Diego para Olimpíada

O clube alemão Werder Bremen afirmounesta segunda-feira que não vai ceder o meia brasileiro Diegopara os Jogos Olímpicos de Pequim. O diretor esportivo do clube, Klaus Allofs, explicou que arazão para vetar a ida do jogador a Pequim, apesar de a Fifater determinado que todos os jogadores com menos de 23 anosdevem ser liberados, tem como base o calendário da própriaFifa, que não inclui o torneio olímpico de futebol. Diego foi convocado pelo técnico Dunga para defender oBrasil nos Jogos de Pequim, que começam em 8 de agosto. Aseleção brasileira tentará conquistar pela primeira vez umamedalha de ouro em Olimpíadas. "Até o momento não há uma base legal que obrigue os clubesa cederem seus jogadores. Devido a isso, não espero nenhumareação da Fifa", afirmou Allofs. O jogador lamentou a decisão de seu clube. "Obviamente eugostaria de participar dos Jogos. É o meu sonho. Mas o Werdernão vai me liberar." Allofs acrescentou, segundo a agência de notíciasesportiva alemã SID: "Deixamos claro ao Diego que não vamoscedê-lo devido a esta situação legal". O dirigente disse ainda que o clube também se negou aliberar o jogador sérvio Dusko Tosic para os Jogos de Pequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.