Divulgação
Divulgação

Amanda Nunes, a Leoa, busca vitória no UFC e mira cinturão

Brasileira está no mesmo card de Conor McGregor x Nate Díaz e Holly Holm x Miesha Tate, que será no sábado em Las Vegas

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

04 de março de 2016 | 20h44

O UFC 196, que tem como luta principal Conor McGregor x Nate Diaz, após a lesão de Rafael dos Anjos, contará com quatro brasileiros no card, sendo que o principal deles é Amanda Nunes, que enfrenta Valentina Shevchenko e já mira o cinturão feminino do peso galo. "A expectativa é ótima. Todo trabalho foi feito e estamos esperando o momento para me divertir. A parte mais difícil é o treinamento", avisa.

Ela está na quarta colocação no ranking de sua categoria e, como neste sábado também haverá a disputa entre a campeã Holly Holm e a desafiante Miesha Tate, Amanda quer mostrar serviço para enfrentar a vencedora desse duelo pelo cinturão. "Não escolho adversária, meu foco principal é enfrentar quem estiver com o cinturão", diz.

Amanda começou a treinar lutas na Bahia. Ela conta que tinha problema com excesso de peso na adolescência e encontrou no esporte um meio de tentar diminuir seu vício: chocolates. "Agora estou bem controlada, a nutricionista me ajuda", conta a atleta, que começou no jiu-jítsu e também praticou boxe.

A grande mudança em sua vida foi quando ela decidiu morar nos Estados Unidos. Chegou lá com 21 anos e teve a grande ajuda do professor Edson Carvalho, que contou para ela que já tinha agendado uma luta para ela no Strikeforce. Amanda não desperdiçou a chance e nocauteou sua rival canadense Julia Budd em apenas 14 segundos. "Foi aí que ganhei fama."

Como o símbolo da academia que ela treinava eram dois leões, ela ganhou o apelido de Leoa. "Só tinha eu de mulher, e falaram que eu seria a leoa da academia. Gosto que me chamam assim, me sinto bem, e me inspiro muito nisso. Incorporo o espírito de caça, de pegar a presa", conclui a atleta, que espera mais uma vitória no UFC em Las Vegas.

CARD PRINCIPAL – a partir de 0h (horário de Brasília)

Peso meio-médio: Conor McGregor x Nate Diaz

Peso galo: Holly Holm x Miesha Tate

Peso meio-pesado: Gian Villante x Ilir Latifi

Peso meio-pesado: Corey Anderson x Tom Lawlor

Peso galo: Amanda Nunes x Valentina Shevchenko

CARD PRELIMINAR – a partir de 20h30 (horário de Brasília)

Peso meio-médio: Brandon Thatch x Siyar Bahadurzada

Peso meio-médio: Erick Silva x Nordine Taleb

Peso médio: Vitor Miranda x Marcelo Guimarães

Peso leve: Darren Elkins x Chas Skelly

Peso leve: Diego Sanchez x Jim Miller

Peso leve: Jason Saggo x Justin Salas

Peso pena: Julian Erosa x Teruto Ishihara

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
UFC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.