Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Wilton Júnior/AE
Wilton Júnior/AE

Anderson Silva diz que vai encarar Michael Bisping em abril

Afastado do octógono por doping, brasileiro pode lutar em Curitiba

O Estado de S. Paulo

25 de setembro de 2015 | 22h08

Ainda cumprindo suspensão por ter sido flagrado no doping em sua última luta, no dia 31 de janeiro de 2015, o lutador Anderson Silva disse que voltará o octógono em abril do ano que vem, na cidade de Curitiba. 

De passem pelo  Daguestão, na Rússia, o ex-campeão dos médios revelou que vai encarar Michael Bisping, em card que também teria a presença dos pesos-pesados Fabrício werdum e Cain Velásquez.

'Devo lutar em Curitiba em abril, no mesmo card de Fabrício Werdum x Cain Velásquez. Acho que meu oponente será Michael Bisping. Não me lembro direito. Acho que é ele...', explicou Spider, sem muita certeza.

O brasileiro está afastado do MMA até o dia 1º de fevereiro de 2016. Em agosto, o Spider foi julgado pela Comissão Atlética de Nevada (NAC) e não negou a ingestão das substâncias proibidas drostanolona e androsterona, mas afirmou que só o fez porque tomou suplementos contaminados. No decorrer da audiência, o Anderson Silva também alegou que tomou uma estimulante sexual que também estava infectado, trazido da Tailândia por um amigo. 

Se a informação da luta em Curitiba se confirmar, será a estreia da cidade brasileira no UFC. Rio de Janeiro, São Paulo, Barueri, Belo Horizonte, Jaraguá do Sul, Goiânia, Brasília, Natal, Uberlância e Porto Alegre já receberam o principal evento de MMA do mundo.

Outra dúvida sobre a declaração do veterano lutador, de 40 anos, está no encontro entre Fabrício Werdum x Cain Velásquez. O chefão do UFC, Dana White, já confirmou que este confronto vai acontecer, mas a expectativa é que Las Vegas seja escolhida como o palco para a decisão do cinturão dos pesados.

Tudo o que sabemos sobre:
Anderson Silva, UFC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.