Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Anthony Geathers/ AFP
Anthony Geathers/ AFP

Anderson Silva não descarta luta contra irmãos youtubers Logan e Jake Paul: 'tudo é possível'

Brasileiro retornou ao boxe e fará terceira luta profissional pela modalidade nesta noite

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2021 | 22h53

Anderson Silva está de volta ao boxe. Um dos maiores nomes da história do MMA, o brasileiro encara o boxeador Julio Cesar Chavez Jr. neste sábado, em sua terceira luta oficial na modalidade. Empolgado com o retorno, o brasileiro não descartou enfrentar nem mesmo um dos irmãos youtubers Logan e Jake Paul.

"No futuro, tudo é possível. Os irmãos Paul, eu respeito os dois. São meninos bons", comentou Anderson, em entrevista ao site TMZ Sports. Ele garantiu que está pronto para enfrentar todos os adversários.

Logan Paul é considerado uma celebridade nos Estados Unidos, tendo 23,2 milhões de inscritos em seu canal. No boxe, enfrentou outro youtuber, o britânico KSI, em duas lutas, empatando uma e perdendo a outra. No último domingo, encarou o ex-boxeador Floyd Mayweather, uma lenda do boxe, e foi derrotado no duelo de oito rounds, como seria de se esperar.

Já Jake tem menos inscritos em seu canal (20,1 milhões), mas uma "carreira" melhor no ringue. Ele derrotou os youtubers Deji Olatunji (irmão de KSI) e AnEsonGib, além do ex-jogador da NBA Nate Robinson e do ex-lutador de UFC Ben Askren. Sua próxima luta representa um grande desafio: enfrentará o ex-campeão de boxe Tyron Woodley.

Anderson Silva defendeu que a luta pode atrair bastante público. "Tudo está mudando no mundo. As pessoas gostam de ver os grandes shows, shows de entretenimento", afirmou. Aos 46 anos, o brasileiro está sem lutar desde 31 de outubro de 2020, quando perdeu para Uriah Hall no UFC, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeAnderson SilvaLogan Paul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.