Anthony Geathers/ AFP
Anthony Geathers/ AFP

Anderson Silva revela que revanche com Nick Diaz pode ser no Brasil

Retorno do brasileiro ao octógono está marcado para o próximo sábado, contra o nigeriano Israel Adesanya

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2019 | 22h12

O duelo que marca o retorno de Anderson Silva ao octógono do UFC será no próximo sábado, na Austrália, contra o nigeriano Israel Adesanya. Mas antes mesmo de saber o desfecho do combate, o ex-campeão peso médio planeja o seu próximo objetivo na organização. E não é a disputa do cinturão. 'Spider' pretende garantir a revanche com o americano Nick Diaz em uma luta no Brasil.

"O meu primeiro foco é a luta com o Adesanya, depois vamos ver. Quem sabe lutar no Brasil com Nick Diaz. Sobre isso estou aguardando. Vamos esperar essa luta (de sábado) e o combate com o Nick Diaz pode acontecer no Brasil", revelou Anderson Silva em entrevista exclusiva ao Estado nesta terça.

A revanche contra Nick Diaz é um desejo antigo de Anderson Silva. Os dois lutadores se enfrentaram em janeiro de 2015, no UFC 183, em Las Vagas. Mas o duelo acabou ficando sem resultado depois de ambos terem sido flagrados no antidoping. Na ocasião, os juízes chegaram oficializar a vitória para o brasileiro. Em 2017, 'Spider' chegou a desafiar o americano nas redes sociais e revelou que o duelo entre os dois "foi uma das melhores lutas da história". 

A aspiração de Anderson Silva em enfrentar Nick Diaz pode ser uma surpresa para os fãs do lutador, já que ele tem o title-shot (disputa pelo título) garantida pelo presidente Dana White em caso de vitória no combate contra Adesanya. Além disso, o americano não atua desde a luta contra o brasileiro em 2015.

Questionado sobre a possibilidade de disputar o título da categoria contra o campeão Robert Whittaker, 'Spider' não descartou que também está entre os seus planos e foi categórico: "Vou focar no Adesanya e depois também vamos treinar para disputar esse cinturão".

No Brasil, o próximo evento do UFC está programado para acontecer em Curitiba, no dia 11 de maio, na Arena da Baixada. Depois, o Ultimate deve fechar o ano no País com uma programação em São Paulo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.