Josh Hedges/AFP
Josh Hedges/AFP

Antidoping surpresa em Anderson Silva dá negativo para esteroide

Apesar da boa notícia, resultado não implica alteração no doping do primeiro exame realizado no início de janeiro, em Las Vegas

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

09 de fevereiro de 2015 | 20h15

O segundo exame do lutador Anderson Silva, realizado no dia 19 de janeiro, deu negativo para doping nas amostras de sangue e urina, segundo informou o site MMA Junkie. Os testes foram feitos pelo mesmo laboratório que realizou o primeiro exame, o SMRTL, ligado à Universidade de Utah. Isso não anula o teste positivo do dia 9 de janeiro, e também não é uma contraprova do exame feito no início do mês passado. Falta ainda sair o resultado dos exames feitos no dia da luta contra Nick Diaz, pelo UFC 183.

O exame de sangue do dia 19 não acusou nenhuma substância proibida e seu resultado foi entregue para a Comissão Atlética do Estado de Nevada no dia 2 de fevereiro, um dia antes da divulgação do exame que deu positivo para doping. Já o teste de urina foi protocolado no dia 5 de fevereiro. Provavelmente, a entidade de Las Vegas aguardou ter os dois documentos dos exames realizados no mesmo dia nas mãos para divulgar o resultado. Como exames realizados em dias diferentes podem dar resultados diferentes, o caso de doping do primeiro exame continua valendo e o lutador brasileiro vai tentar se defender no dia 17.

Tudo o que sabemos sobre:
UFCMMALutasAnderson Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.