Divulgação/UFC
Divulgação/UFC

Após cumprir pena por doping, Pezão mede forças com Arlovski

Brasileiro não vence uma luta desde fevereiro de 2013, quando derrotou o holandês Alistair Overeem

Fernando Arbex, Estadão Conteúdo

12 Setembro 2014 | 17h24

 O UFC terá neste sábado, dia 13, seu primeiro evento em Brasília, em que Antônio "Pezão" Silva vai atuar em sua cidade natal para se recuperar na organização, na luta principal do UFC Fight Night 51. O atleta radicado na Paraíba cumpriu nove meses de suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping em dezembro de 2013, e agora vai encarar um ex-campeão da categoria dos pesados do Ultimate (limite de 120,2 Kg), o bielo-russo Andrei Arlovski.

Além do gancho por ter apresentado excesso de testosterona no corpo - "Pezão" alega que lhe foi injetada uma sobredose do TRT, tratamento hoje banido do UFC -, o lutador brasileiro não vence desde que nocauteou o holandês Alistair Overeem em fevereiro de 2013. Em seguida, "Pezão" sofreu um nocaute técnico em disputa de título contra o norte-americano Cain Velásquez e saiu com empate de combate histórico com o neozelandês Mark Hunt.   

Seu oponente, Arlovski, não atravessa bom momento, apesar do cartel positivo que ostenta no UFC - ele foi detentor do cinturão interino e depois do oficial da própia promotora de lutas entre fevereiro de 2005 e abril de 2006. O bielo-russo deixou a organização em 2008 e atravessou fase irregular até seu retorno ao octógono, quando derrotou o norte-americano Brendan Schaub em contestável decisão dividida dos juízes, em combate disputado em junho.

 

Ainda no evento em Brasília, Gleison Tibau disputará sua 23ª luta no UFC, igualando-se aos norte-americanos Josh Koscheck e Frank Mir como o atleta em atividade no Ultimate com o maior número de combates na organização. Depois do duelo com o polonês Piotr Hallmann, o potiguar terá apenas quatro aparições a menos do que o norte-americano Tito Ortiz, recordista em número de apresentações, mas que hoje compete pelo Bellator. Vencedor do TUF Brasil 2, o carioca Leonardo Santos é outro que retorna ao octógono, desta vez para enfrentar o mexicano Efrain Escudero, ganhador da 8ª edição do TUF dos Estados Unidos. 

CARDS

Confira o card completo de lutas, que terá transmissão ao vivo do Canal Combate a partir das 19 horas, apenas em PPV:

Card principal:

Pesados (limite de 120,2 Kg): Antônio "Pezão" Silva vs. Andrei Arlovski

Leves (limite de 70,3 Kg): Gleison Tibau vs. Piotr Hallmann

Leves (limite de 70,3 Kg): Leonardo Santos x Efrain Escudero

Meio-médios (limite de 77,1 Kg): Santiago Ponzinibbio x Wendell "Negão" Oliveira

Galos (limite de 61,2 Kg): Iuri "Marajó" Alcântara x Russell Doane

Galos - feminina (limite de 61,2 Kg): Jéssica Andrade x Larissa Pacheco

Card preliminar:

Penas (limite de 65,7 Kg): Godofredo "Pepey" Castro x Dashon Jonhson

Meio-médios (limite de 77,1 Kg): Igor Araújo x George Sullivan

Leves (limite de 70,3 Kg): Francisco "Massaranduba" Trinaldo x Leandro Silva

Meio-médios (limite de 77,1 Kg): Paulo Thiago x Sean Spencer

Galos (limite de 61,2 Kg): Rani Yahya x Johnny Bedford

Mais conteúdo sobre:
UFC lutas Pezão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.