John Locher/ AP
John Locher/ AP

Após luta do século, Mayweather anuncia retorno em setembro

'Money' defenderá cinturão do meio-médio contra Adre Berto

Estadão Conteúdo

04 Agosto 2015 | 19h33

Após protagonizar a luta do século com o filipino Manny Pacquiao, em maio, o norte-americano Floyd Mayweather anunciou nesta terça-feira seu retorno ao ringue para setembro. No dia 12, ele vai defender seus cinturões do meio-médio do Conselho Mundial de Boxe e da Associação Mundial de Boxe contra o compatriota Andre Berto, em Las Vegas.

"Estou pronto para voltar ao ringue no dia 12 de setembro e mostrar novamente a todo mundo porque sou o melhor de todos", anunciou Mayweather, nas redes sociais. "Sempre apresento o meu melhor boxe e, contra Andre Berto, não será diferente."

Será a primeira luta do norte-americano de 38 anos desde o confronto com Pacquiao, que lhe valeu, além da vitória por decisão dos juízes, uma premiação no valor de US$ 200 milhões (cerca de R$ 687 milhões). Foi sua 48ª vitória em sua carreira invicta.

Se vencer Andre Berto, alcançará a marca de 49 triunfos, igualando recorde da lenda Rocky Marciano. Considerado um dos maiores boxeadores da história, Marciano registrou a marca de 49 vitórias seguidas na década de 50. Seu recorde é um dos alvos de Mayweather, que não quer se aposentar antes de ao menos igualar a marca histórica.

Para tanto, o atleta mais bem pago do mundo terá que superar Andre Berto. De origem haitiana, o boxeador de 31 anos soma 30 vitórias (sendo 23 por nocaute) e três derrotas na carreira. Já foi campeão mundial duas vezes do peso meio-médio pela Associação Mundial de Boxe.

Mais conteúdo sobre:
boxeFloyd MayweatherAndre Berto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.