Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Boxeador Mayweather gasta R$ 12 mil por dia com alimentação

Lutador contrata um chef antes de lutar com Pacquiao

O Estado de S. Paulo

19 Março 2015 | 19h00

O boxeador norte-americano Floyd Mayweather, que fará um confronto histórico contra o filipino Manny Pacquiao, no dia 2 de maio, em Las Vegas, gasta uma fortuna – além de todas suas outras extravagâncias – com alimentação. Ele contratou um chef particular que cobra 1000 euros (R$ 3400,00) por refeição. Como o norte-americano faz quatro refeições diárias, ele gasta só com alimentação R$ 10, 2 mil. Detalhe: os preços das refeições foram definidos pelo próprio boxeador.

Faltando 46 dias para o combate do século, que batizado de Luta pela Eternidade, Mayweather só come alimentos frescos, não gosta de nada congelado, enlatados ou conservantes, que não são saudáveis para sua preparação. Seu prato favorito é o espaguete. Com a proximidade da luta, no entanto, ele vai aumentar os níveis de proteína, sem carboidratos, como frango, peru, peixe, mas nada de carne de porco. Também fazem parte da dieta frutas orgânicas.O problema de Mayweather é sua predileção pelas comidas rápidas, hábito que ele vem se esforçando para evitar com a aproximação da Luta pela Eternidade.

O duelo já é considerado o mais esperado do boxe em todos os tempos. Um acordo extremamente difícil que só saiu após cinco anos de negociações. Resultado: os lutadores vão dividir US$ 300 milhões (US$ 180 milhões para Mayweather e US$ 120 milhões para Pacquiao). Para se ter uma ideia, o time campeão da Copa Libertadores receberá em torno de US$ 15 milhões.

 

Esse valor se refere à impressionante quantidade de dinheiro que vai circular pelo evento. Os canais HBO e Showtime aceitaram dividir a transmissão, método tomado apenas uma vez, em 2002, quando Lennox Lewis e Mike Tyson se enfrentaram pelo título mundial dos pesos pesados. Mayweather, assim como Tyson, tem compromisso com o Showtime, enquanto Pacquiao, a exemplo de Lewis, vende seus combates para o HBO.

Mais conteúdo sobre:
Boxe outros esportes Mayweather

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.