Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Boxeadora mexicana de 18 anos morre após ficar cinco dias em coma depois de perder luta por nocaute

Jeanette Zacarías sofreu uma convulsão ainda no ringue e foi levada para uma clínica, onde foi sedada, mas não resistiu

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2021 | 08h33

A boxeadora mexicana Jeanette Zacarías, de 18 anos, morreu nesta quinta-feira em Montreal, no Canadá, em decorrência dos golpes que recebeu no sábado em uma luta que travou contra a canadense Marie Pier Houle. Ela chegou a ficar cinco dias em coma induzido após o combate, mas não resistiu. 

A notícia foi divulgada por um comunicado publicado nas redes sociais do Grupo Yvon Michel, promotor da luta. A equipe expressou suas condolências aos familiares do boxeador mexicano, especialmente seu marido, também o boxeador Jovanni Martínez.

“É com grande tristeza e angústia que ficamos sabendo que Jeanette Zacarías nos deixou. Toda a equipe do Grupo Yvon Michel está extremamente angustiada com este doloroso anúncio".

Zacarías foi nocauteada no quarto round da luta realizada neste sábado, no Stade IGA, em Montreal. Ela chegou a sofrer uma convulsão ainda no ringue e foi levada a uma clínica em Montreal, onde foi sedada.

Natural de Aguascalientes, Jeanette Zacarías, conhecida como 'Chiquitiboom', começou sua carreira no boxe profissional em 27 de janeiro de 2018. Teve seis lutas, das quais ganhou duas e perdeu quatro, três delas por nocaute.

Tudo o que sabemos sobre:
boxe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.