Mayara Ananias/CBJ
Mayara Ananias/CBJ

Brasil vence a Itália e conquista o título de Desafio Internacional de Judô

Campeã olímpica, Rafaela Silva marcou dois waza-aris que lhe garantiram a vitória e o título antecipado ao País

Estadão Conteúdo

19 Novembro 2017 | 17h14

A seleção brasileira de judô conquistou neste domingo o título do último Desafio Internacional de 2017 ao vencer a seleção da Itália por 4 a 1, no ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. A disputa começou com Ketleyn Quadros derrotando Maria Centracchio por um waza-ari no golden score. Na segunda luta, David Lima (73kg) foi mais agressivo e encaixou uma chave de braço para fazer Augusto Meloni desistir do combate. Vitória por ippon e dois pontos de vantagem para o Brasil no placar.

+ Leia mais notícias sobre lutas

+ Brasil convoca judocas para o último desafio do ano

O ponto decisivo ficou para o terceiro combate entre Rafaela Silva e Anna Righetti. A campeã olímpica nos Jogos do Rio-2016 usou toda a sua experiência para dominar o duelo e marcar dois waza-aris que lhe garantiram a vitória e o título antecipado ao Brasil.

"Ela é uma atleta que ainda não rodou muito no circuito mundial. Eu já tenho essa bagagem e usei muito da minha experiência para administrar a vantagem que consegui logo no início. Aproveitei também para estudá-la, pois nunca tinha lutado contra ela", explicou Rafaela Silva. "É legal estar em clima de competição, com a torcida apoiando e serve como um treinamento para as próximas competições também".

Daniel Cargnin entrou para o quarto combate já com o título garantido, mas manteve a motivação para derrotar Davide Faraldo por um waza-ari no golden score. Antonio Ciano (81kg) descontou para a Itália na última luta, vencendo Victor Penalber por um waza-ari.

Mais conteúdo sobre:
Judô Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.