Henry Browne/Livepic/Action Images/Reuters
Henry Browne/Livepic/Action Images/Reuters

Canelo Alvarez é suspenso temporariamente pela Comissão de Nevada

O boxeador mexicano testou positivo pela segunda vez para a substância proibida Clenbuterol

Reuters

24 de março de 2018 | 02h43

O boxeador mexicano Saul Canelo Alvarez foi temporariamente suspenso pela Comissão Atlética do Estado de Nevada após dois testes positivos para a substância proibida Clenbuterol, um remédio de emagrecimento, informou o diretor executivo da comissão, Bob Bennett, nesta sexta-feira, 23.

Alvarez se reunirá com a Comissão Nevada no dia 10 de abril para decisão final sobre seu caso, menos de um mês antes de sua revanche agendada contra o campeão dos médios Gennady Golovkin em 5 de maio, em Las Vegas.

O último confronto entre os dois terminou com um empate polêmico em setembro.

+++ GGG: “Espero que Canelo corra menos na segunda luta. Na primeira, ele pareceu Usain Bolt”

Alvarez, de 27 anos, forneceu amostras de urina em fevereiro como parte do acordo para sua segunda luta contra o adversário cazaque de 35 anos e culpou o consumo de carne contaminada pelo teste positivo. 

Clenbuterol é às vezes misturado de forma ilícita na ração dos animais para tornar a carne mais magra.

Alvarez tem um recorde de 49-1-2, com sua única derrota para Floyd Mayweather em 2013, enquanto Golovkin ganhou 37 de suas 38 lutas, com apenas um empate, justamente o registrado contra o mexicano. /Reuters

Tudo o que sabemos sobre:
BoxeSaul Canelo Alvarez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.