Divulgação/ Atlético de Madrid
Divulgação/ Atlético de Madrid

Com 2 de João Félix, Atlético de Madrid goleia e sobe para 4º no Espanhol

Time derrotou o Osasuna por 5 a 0, nesta quarta-feira, para encerrar seu jejum de vitórias

Redação, Estadão Conteúdo

17 de junho de 2020 | 20h30

Com dois gols de João Félix, recuperado de lesão, o Atlético Madrid derrotou o Osasuna por 5 a 0, nesta quarta-feira, para encerrar seu jejum de vitórias e recuperar o quarto lugar na classificação do Campeonato Espanhol.

O Atlético vinha de três empates consecutivos e ganhou apenas dois últimos nove jogos no torneio nacional, embora tenha eliminado o Liverpool nas oitavas de final da Liga dos Campeões pouco antes da paralisação dos torneios por causa da pandemia.

Recuperado de uma torção no joelho esquerdo, João Felix, que chegou ao Atlético para substituir Antoine Griezmann antes da temporada, agora soma oito gols pelo clube. Os dois desta quarta-feira saíram aos 27 minutos do primeiro tempo e aos 11 da etapa final, esse após um passe de Diego Costa.

Marcos Llorente, Álvaro Morata e Yannick Carrasco completaram o placar dilatado com gols aos 34, aos 37 e aos 43 minutos. O gol de Morata chegou a ser anulado por impedimento, mas a decisão foi revista após consulta ao VAR.

A vitória colocou o time dois pontos atrás do terceiro colocado Sevilla, que empatou em 1 a 1 com o Levante na segunda-feira. A Real Sociedad pode ultrapassar o Atlético caso vença o Alavés na quinta-feira. Já o Osasuna é o 11º colocado. O clube cobriu as vazias arquibancadas do Estádio El Sadar com fotos dos seus torcedores.

Ameaçado de rebaixamento, o Celta (17º) não saiu do 0 a 0 com o Valladolid (14º), sendo que Iago Aspas desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 26 minutos do segundo tempo. Já Eibar (16º) e Athletic Bilbao (10º) empataram por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.