Reprodução/Facebook/Rose Volante
Reprodução/Facebook/Rose Volante

Com a presença de Eder Jofre, Rose Volante mantém título mundial dos pesos leves

Brasileira vence por nocaute técnico a colombiana Yolis Marrugo e segue invicta com 14 vitórias

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2018 | 09h22

Com a presença dos ex-campeões mundiais Eder Jofre e Miguel de Oliveira, a brasileira Rose Volante manteve o título mundial dos pesos leves, versão Organização Mundial de Boxe, ao vencer a colombiana Yolis Marrugo por nocaute técnico conquistado no terceiro assalto, no combate realizado na noite deste sábado no Ginásio Falcão, na Praia Grande, no litoral paulista.

Foi a segunda defesa de título de Rose, de 36 anos, que se mantém invicta, com 14 vitórias, das quais oito por nocaute. "Estou muito feliz com minha atuação. Vou me reunir com meu técnico e meu empresário para definir o que faremos no futuro", disse a boxeadora, que já teve propostas para enfrentar a irlandesa Katye Taylor para uma unificação de título.

Rose mostrou-se mais forte e rápida diante de Marrugo, uma adversária de 42 anos, com 22 vitórias, quatro empates e nove derrotas. Seu jab de direita foi aplicado com precisão e sua movimentação de pernas impediu eficiência no ataque da adversária.

O direto de direita, bem desferido, foi o golpe mais contundente de Rose, que conseguiu derrubar a rival aos 51 segundos do terceiro assalto. Marrugo se levantou, mas não ergueu os braços, como sinal de estar recuperado, e o árbitro entendeu que o melhor seria encerrar a disputa. A desafiante reclamou muito, mas o resultado foi mantido.

Rose Volante conquistou o cinturão mundial em dezembro, na Argentina. A brasileira ainda pode fazer mais uma luta este ano.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
boxeEder JofreMiguel de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.