Divulgação
Divulgação

Com Kitadai, seleção brasileira masculina de judô é definida para 2019

Equipe se prepara para disputar os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2018 | 23h22

A seleção brasileira masculina de judô para a temporada 2019 foi definida nesta quarta-feira. De olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, o time foi escolhido em disputas realizadas em Lauro de Freitas (BA) no primeiro dia da seletiva organizada pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

O destaque da seleção é Felipe Kitadai, do clube Sogipa e da categoria até 60kg. Dono de uma medalha de bronze na Olimpíada de Londres-2012, o judoca foi submetido a uma cirurgia no ombro direito em fevereiro do ano passado e só voltou aos treinos em junho da mesma temporada, perdendo ritmo de competição e virando dúvida na seleção.

Apesar do longo período de recuperação, o atleta conseguiu entrar na seleção para 2019. "Eu já tinha conversado com meus pais, com meus técnicos que, independentemente do que acontecesse na seletiva, meu sonho olímpico não ia parar, não ia morrer. Hoje, com a confirmação da vaga ficou tudo mais fácil", comemorou.

A seletiva garante apenas um judoca por categoria. As exceções são os pesos Ligeiro feminino (até 48kg) e o Leve masculino (até 73kg), que dão duas vagas na seleção. Assim, mais sete judocas se garantiram no time masculino nesta quarta: Michael Marcelino (até 66kg/Sesi); Marcelo Contini (Pinheiros) e Eduardo Katsuhiro (Paineiras), ambos até 73kg; Edu Lowgan Ramos (até 81kg/Judô e Movimento); Giovanni Ferreira (até 90kg/Pinheiros; Leonardo Gonçalves (até 100kg/Sogipa); e Ruan Isquierdo (acima de 100kg/Instituto Reação).

Nesta quinta-feira, será a vez das mulheres tentarem suas vagas na seleção brasileira. Assim como aconteceu no masculino, oito atletas serão confirmadas na equipe para 2019. As disputas terão início às 11 horas (horário de Brasília).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.