Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Gabriela Sabau/IJF
Gabriela Sabau/IJF

Com Penalber e Portela, judô do Brasil fatura mais dois ouros em Tbilisi

Mais cinco atletas brasileiros entram em ação neste domingo

Estadao Conteudo

01 de abril de 2017 | 15h10

O judô do Brasil conquistou mais duas medalhas de ouro no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia, neste sábado. Victor Penalber e Maria Portela subiram no lugar mais alto do pódio com grandes performances neste terceiro e penúltimo dia de competições em Tbilisi.

Na categoria até 81kg, Penalber derrotou o português João Martinho por ippon em sua primeira luta. Na sequência, despachou o britânico Owen Livesey por um shidô no golden score. Depois, bateu o russo Denis Kalinin por ippon na semifinal. E, na decisão, superou o russo Alan Khubetsov, eliminado da disputa por pegar na perna do brasileiro para finalizar um golpe.

O brasileiro, assim, conquistou sua segunda medalha de ouro na temporada. A anterior, em fevereiro, foi no Aberto Europeu de Odivelas, em Portugal. "Estou muito feliz porque fiz uma boa competição. Logo no início do ciclo, conquistar um ouro é bom para ganhar confiança", celebrou Penalber.

Maria Portela, por sua vez, precisou de apenas três vitórias para chegar ao ouro. Competindo na categoria até 70kg, estreou vencendo a holandesa Natascha Ausma. Em seguida, derrotou a húngara Szabina Gercsak. E, na final, superou a venezuelana Elvismar Rodriguez, 4ª colocada no ranking mundial, no golden score. "Tive adversárias que conheço bem. E haja coração nas minhas lutas! Fiz alguns golden scores, mas com vontade e determinação consegui vencer", festejou.

Em categorias com outros brasileiros, Yanka Pascoalino e Mariana Silva foram derrotadas logo na primeira luta (até 63kg). Ambas foram eliminadas por rivais russas. Pascoalino foi batida por Diana Dzhigaros e Mariana caiu diante de Kamila Badurova.

No domingo, mais cinco atletas do Brasil entram em ação em Tbilisi: Gustavo Assis (até 90kg), Rafael Buzacarini (até 100kg), Luciano Corrêa (até 100kg), David Moura (acima de 100kg) e Maria Suelen Altheman (acima de 78kg).

Em três dias de competição, o Brasil já soma três ouros - Stefannie Koyama venceu na categoria até 48kg -, duas pratas e dois bronzes.

Tudo o que sabemos sobre:
Judôjudô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.