Mark J. Rebilas|USA Today Sports
Mark J. Rebilas|USA Today Sports

Conor McGregor diz que está deixando o MMA e não lutará no UFC 200

Segundo Dana White, o irlandês se recusou a participar de coletiva do evento

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2016 | 17h56

"Decidi me aposentar jovem. Obrigado pelo dinheiro. Nos falamos depois", com esta curta mensagem em sua conta oficial do Twitter, o irlandês Conor McGregor anunciou sua suposta aposentadoria do MMA. 

Apesar de ser conhecido pelas brincadeiras nas redes sociais, Conor não deu muita explicação sobre a decisão e fez crescer os rumores sobre o motivo de sua decisão. 

Segundo algumas especulações, 'Notorious', como é conhecido o lutador, estaria em atrito com o Ultimate para tentar melhorar o valor da bolsa para enfrentar Nate Diaz no aguardado UFC 200. Outra hipótese é a de que ele teria ficado impressionado com a morte do português João Carvalho na última semana, após confronto com Charlie Ward, um de seus companheiros de equipe.

McGregor tem cartel de 19 vitórias e três derrotas como profissional e ganhou destaque com as provocações ao brasileiro José Aldo antes do confronto pelo UFC 194. Dentro do octágono, a luta durou apenas 13 segundo e encerrou a invencibilidade de 10 anos do manauara.

 

FORA DO UFC 200

Em entrevista ao Sporstcenter dos Estados Unidos, Dana White confirmou que McGregor está fora do UFC 200. Sem entrar em detalhes sobre uma possível aposentadoria do falastrão irlandês, o chefão do UFC explicou que o atleta se recusou a aparecer em uma entrevista coletiva para promover o evento.

"Ele não quis aparecer, está na Islândia treinando. Ele disse que vir até aqui ia prejudicar os treinos dele, mas todos os outros lutadores do card estão vindo. Obviamente continuamos a ter boas relações com Conor. Eu o respeito como lutador e gosto dele como pessoa. Mas você não pode decidir não aparecer para esse tipo de coisa. Você tem que aparecer", afirmou Dana White. "Se ele está parando? Só ele pode responder a essa pergunta. Mas ele não será parte do UFC 200".

Atual campeão dos penas do UFC, o irlandês tinha uma revanche marcada contra Nate Diaz, pela categoria dos meio-médios, no dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA). Diaz, aliás, resolveu brincar com a situação e também usou sua conta no Twitter para dizer que estava abandonando o esporte. "Acho que meu trabalho aqui foi feito. Estou me aposentando também", postou.

Tudo o que sabemos sobre:
MMAUFCJosé Aldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.