Sean M. Haffrey/AFP
Sean M. Haffrey/AFP

Dana White exalta conquista inédita de Amanda Nunes: 'A melhor de todos os tempos'

Presidente do UFC garante que lutadora brasileira fará parte do Hall da Fama da modalidade

Redação, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2018 | 15h44

Ao derrotar Cris Cyborg na madrugada deste domingo no UFC 232, Amanda Nunes entrou para a história. A brasileira se tornou a primeira mulher a ostentar dois cinturões da entidade em diferentes categorias, feito alcançado anteriormente por Conor McGregor e Daniel Cormier.

O presidente do UFC, Dana White, se rendeu a Amanda Nunes e rasgou elogios à brasileira após o nocaute aplicado ainda no primeiro round. "É claro que ela eventualmente será uma Hall da Fama, olha o currículo dela. Ela é a melhor de todos os tempos", afirmou em coletiva de imprensa. "Ela é a melhor de todos os tempos. Se você olhar os nomes de quem ela já bateu… Ninguém pode negar. Você pode tentar, mas ela é a melhor", acrescentou.

White ainda fez questão de elogiar Cris Cyborg e a luta que as duas proporcionaram. "Você tem duas campeãs que lutam para ser a mais malvada, e trocam socos como essas. É a melhor coisa para ver", disse. Por falar em Cyborg, a lutadora que estava invicta há mais de uma década no MMA fez questão de elogiar o desempenho da adversária e aproveitou a oportunidade para pedir uma revanche.

"É claro que ela fez muito pelo esporte. Batalhou. Não teve o valor que deveria. Tomara que ela conquiste isso agora. Quem sabe não fui usada por Deus para abençoá-la", exaltou Cyborg. "É lógico que desejo a revanche. Se você perde, quer isso. Se não gostasse de lutar, não faria", acrescentou.

"Um dia perdemos, ganhamos em outro. Perdi, agora é voltar na academia e treinar. Não me afeta. Só me fará melhorar cada vez mais", concluiu a brasileira de 33 anos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.