Jeff Bottari/AFP
Jeff Bottari/AFP

Deiveson Figueiredo planeja defesa de cinturão contra Brandon Moreno em novembro

Preparação do brasileiro para a defesa de título deve acontecer na Tailândia

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2020 | 17h00

Deiveson Figueiredo conquistou o cinturão do UFC no último dia 18 de julho ao finalizar Joseph Benavidez na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Ostentando o título há pouco menos de duas semanas, ele já planeja como será a sua defesa. O brasileiro quer encarar o mexicano Brandon Moreno em novembro.

"Eu e minha equipe escolhemos essa data e o Brandon Moreno é a bola da vez. Ele me desafiou e merece essa chance. É um adversário que está batalhando e pelo desafio eu quero essa luta para poder finalizar ou nocautear", afirma Deiveson em entrevista ao Estadão.

Para encarar a defesa de título, o paraense cogita uma viagem para a Tailândia. "Quero treinar lá por umas três semanas. Estou apenas esperando a liberação para poder viajar e planejar o meu camp", conta.

Deiveson ressalta que além de uma boa preparação, ele precisa "manter o foco" para seguir com o cinturão da organização. "Vou depender do meu foco e eu estou focado. Quero ficar com esse título por muito tempo. Quem sabe, até me aposentar com ele", afirma.

"O meu foco é ser dominante na categoria. O público pode esperar um fenômeno. Isso é o que eu sempre vou ser e sempre vou proporcionar para quem acompanha o meu trabalho", diz o lutador, que segue comemorando a vitória contra Benavidez.

Para Deiveson, a conquista do cinturão foi exatamente da maneira como planejou. "Eu treinei para isso. Falei para a minha equipe que iria ganhar a luta por finalização e cumpri o que eu prometi", conta.

"Tenho um carinho enorme por esse cinturão. Eu sou apaixonado por ele. Então, podem ter certeza que vou defendê-lo como uma mãe defende o filho", finaliza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.