Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Demian Maia revela que Colby Covington foi respeitoso e o chamou de lenda

Após a derrota, lutador brasileiro diz que o norte-americano confessou que fazia provocações para se promover

Andreza Galdeano e Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2017 | 04h26

Após a derrota para Colby Covington no UFC São Paulo e a fúria da torcida brasileira contra o norte-americano, que abusou das provocações, Demian Maia revelou que seu adversário mostrou respeito e o chamou de "lenda" após o combate que terminou com vitória por decisão unânime do adversário. 

+ Entenda a polêmica com Colby Convigton

Demian chegou a afirmar que não viu os copos sendo arremessados pelos torcedores contra Covington. "Eu não prestei atenção. O que ele falou para mim é que me respeitava muito e que estava fazendo tudo aquilo para se promover. Eu não gosto disso, mas não vou julgar. Ele foi respeitoso e chegou a dizer que eu sou uma lenda."

Em tom de despedida, o paulista não revelou se já pensa em um próximo duelo. "Eu não sei se vou lutar mais do que dois anos, eu já começo a caminhar para uma transição na carreira. Não sei qual será a minha próxima luta", explicou, um pouco desapontado pela derrota.

Veterano no UFC, ele relembra que está há dez anos na organização e finaliza contando que estar no Ultimate é uma montanha-russa de emoções. "É algo difícil de você conseguir viver em qualquer profissão", arremata.

Mais conteúdo sobre:
UFC [Ultimate Fighting Championship]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.