Reprodução
Reprodução

Empresário de Holly Holm ganha prêmio milionário em aposta

Lenny Fresquez diz ter faturado mais de seis dígitos com sua cliente

O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2015 | 18h29

Para uma pessoa, o nocaute de Holly Holm sobre Ronda Rousey no UFC 193 não foi zebra. Lenny Fresquez, empresário da nova campeã do Peso Galo Feminino do UFC, revelou ter ganho um prêmio de mais de seis dígitos ao apostar em sua cliente.

"Claro que apostei nela. Ganhei muito dinheiro graças a Vegas, que a colocou como um grande azarão contra Ronda Rousey. Não vou dizer quanto embolsei, mas posso dizer que cheguei aos seis dígitos", revelou Fresquez ao site MMA Fighting.

Na bolsa para o evento, cada um que apostasse US$ 100 em Holm teria US$ 825 de lucro. Enquanto, para Ronda, cada US$ 1250 apostados renderiam apenas US$ 100. Porém, o que nem ela nem os apostadores esperavam era um chute certeiro de Holm no segundo round, que levou Ronda ao chão e consagrou a nova campeã da categoria.

Após a vitória, todos os holofotes se voltaram para Holly Holm. Afinal, a norte-americana de 34 anos havia vencido uma luta de Davi contra Golias (pelo menos nas casas de apostas) contra a lutadora considerada 'imbatível' desde que o UFC tem sua versão feminina - eram 12 vitórias em 12 lutas no MMA, sendo 11 no primeiro round. Contudo, muitos desconheciam que Holly Holm é considerada uma das melhores pugilistas de todos os tempos e já foi campeã mundial de boxe incríveis 18 vezes.

"Estamos desfrutando da glória do que sabíamos que aconteceria. Sempre acreditei em Holly, porque ela sempre superou todos os obstáculos que foram colocados à sua frente. Quando perdeu, ela não quis fazer nada além de voltar e enfrentar a atleta que a havia derrotado. Holly é uma pessoa incrível. Já trabalhei com muitos lutadores, e ela é uma lutadora excepcional. Não há muitos que possuam o seu coração, a sua lealdade e sua dedicação. Holly é o tipo de atleta de quem as pessoas nunca cansam de falar coisas boas. É um exemplo. "Filha do Pastor" é um apelido que lhe cai bem", disse o empresário.

Tudo o que sabemos sobre:
Ronda Rousey, UFC, lutas, Holly Holm

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.