Reuters
Reuters

Ex-campeão mundial, boxeador Bernard Hopkins se aposenta com dura derrota

Em sua despedida, o norte-americano foi nocauteado por Joe Smith Jr

Estadão Conteúdo

18 de dezembro de 2016 | 12h41

Não foi a despedida que o boxeador Bernard Hopkins esperava. Em sua última luta como profissional, na noite deste sábado, o norte-americano sofreu um duro nocaute diante do compatriota Joe Smith Jr., na cidade californiana de Inglewood. Hopkins, de 51 anos, foi lançado para fora do ringue ao levar uma sequência de golpes do rival.

Smith Jr. acertou uma combinação de seis socos em Hopkins, manteve-o nas cordas e o arremessou para fora do ringue. Dono de diversos títulos mundiais no peso médio e meio-pesado, Hopkins teve 20 segundos para retornar para a luta, mas não conseguiu permanecer em pé, facilitando a decisão dos juízes.

Smith Jr., assim, resolveu a luta a 53 segundos do fim do oitavo round. Com o resultado, o pugilista de 27 anos conseguiu defender o cinturão do meio-pesado do Conselho Mundial de Boxe (WBC, na sigla em inglês). Ele soma agora 24 vitórias, sendo 20 por nocaute, e apenas uma derrota em seu currículo profissional.

Hopkins, por sua vez, encerra a vitoriosa carreira com 56 vitórias, sendo 32 por nocaute, oito derrotas e dois empates. O lutador, que esperava encerrar a carreira com mais um cinturão na carreira, fez história no boxe ao acumular recorde de 20 vitórias consecutivas em lutas de defesa de título.

Ele se tornou o mais velho campeão da história ao defender seu cinturão dos pesos médios quando tinha 49 anos. Nos últimos anos, porém, se afastou dos ringues. Seu último resultado, antes do confronto deste sábado, foi uma derrota para o russo Sergey Kovalev em novembro de 2014.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.