David Manning | USA Today Sports
David Manning | USA Today Sports

Fabricio Werdum está pronto para ser o protagonista no UFC 198

Brasileiro dividirá atenção com atletas consagrados com Belfort e Spider

Nathalia Garcia, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2016 | 17h00

Atual campeão peso pesado, Fabricio Werdum fará a principal luta do UFC 198, no dia 14 de maio. O embate marca a defesa de cinturão da categoria contra o americano de origem croata Stipe Miocic. Em Curitiba, o brasileiro terá de dividir os holofotes da Arena da Baixada com compatriotas consagrados no mundo do MMA, como Anderson Silva e Vitor Belfort. Apesar disso, ele não teme perder o protagonismo da noite.

“A luta principal sempre é a mais esperada e estou bem feliz de fazer parte dela pelo fato de os melhores representantes do Brasil estarem nesse evento. Não tenho problema com a questão do brilho, cada fã vai para ver uma luta diferente.”

A Arena da Baixada receberá a primeira luta do UFC em um estádio de futebol no Brasil e terá casa cheia. Em pouco mais de um dia foram vendidos os 45 mil ingressos colocados à disposição do público. Será o terceiro melhor público da história do evento, atrás apenas do UFC 193 e do UFC 129. Na Austrália, 56.214 pessoas assistiram Holly Holm tomar o cinturão dos galos-feminino de Ronda Rousey no Etihad Stadium. No Canadá, 55.724 presenciaram Georges St-Pierre defender o cinturão meio-médio e o brasileiro José Aldo segurar o título dos penas.

Werdum, que morou quase dois anos na capital paranaense, se sentirá em casa e fica empolgado com a oportunidade de lutar com a torcida a seu favor pela primeira vez.

O lutador descarta pressão por entrar no octógono como dono do cinturão. “Eu vou ganhar porque quero e estou treinando para isso. Estou bem resolvido na parte mental e no físico também. É importante a combinação das duas coisas.”

Para se manter no topo, Werdum trabalha a estratégia com a equipe da academia Kings MMA, em Los Angeles. Ele quer ditar o ritmo da luta, jogar a responsabilidade para o rival e promete ter paciência. Nos cinco rounds, diz não ter pressa para nocautear ou finalizar Stipe o quanto antes.

O brasileiro projeta que o rival vai tentar nocauteá-lo o tempo todo, usando técnicas do boxe e também da luta livre. E quer se beneficiar do cansaço de Miocic. “No videogame, a energia vai lá embaixo quando há uma sequência de golpes. É praticamente igual na vida real. Se a gente bate forte em uma sequência grande, cansa muito. Faz parte da nossa estratégia aproveitar esse momento.”

O clima entre os oponentes não deve esquentar até o dia da luta. Werdum descarta trocar provocações com Miocic pelo espetáculo. Para ele, é mais importante falar pouco e mostrar seu potencial dentro do octógono. “Os americanos e até os brasileiros às vezes fazem um personagem para poder vender mais, esse não é meu estilo. Cheguei a entrar nessa pilha durante a minha carreira, mas aprendi que aquele não era eu.”

O evento em Curitiba terá ainda outro atrativo: a luta entre a brasileira Cris Cyborg e a norte-americana Leslie Smith. A inclusão de uma disputa feminina no UFC 198 é elogiada pelo astro da noite. “As meninas ganharam o espaço delas, isso é o mais importante. As lutas que elas fazem são bem espetaculares, as mulheres são muito agressivas no octógono”, afirma.

UFC 198

14 de maio de 2016, em Curitiba (PR)

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h de Brasília):

Peso-pesado: Fabricio Werdum x Stipe Miocic

Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort

Peso-casado: Cris Cyborg x Leslie Smith

Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Corey Anderson

Peso-médio: Anderson Silva x Uriah Hall

CARD PRELIMINAR (a partir de 19h15 de Brasília):

Peso-meio-médio: Demian Maia x Matt Brown

Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Rogério Minotouro

Peso-galo: John Lineker x Rob Font

Peso-médio: Thiago Marreta x Nate Marquardt

Peso-meio-médio: Warlley Alves x Bryan Barberena

Peso-leve: Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros

Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Kamaru Usman

Peso-pena: Renato Moicano x Zubaira Tukhugov

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.