Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Mayweather ignora acusações de doping antes de sua despedida

Norte-americano enfrenta em seu último combate Andre Berto

O Estado de S. Paulo

10 de setembro de 2015 | 10h22

Floyd Mayweather não rebateu as insinuações de que lutou dopado contra o filipino Many Pacquiao. Mais uma vez o lutador norte-americano não quis entrar em polêmica após suposto envolvimento com substâncias proibidas antes de subir ao ringue. Neste sábado, Mayweather fará o que ele garante ser sua última luta na carreira, contra Andre Berto, válida pelo cinturão mundial de boxe.

Ocorre que na madrugada desta quinta foi divulgado que ele usou 250 mililitros de salina e multivitaminas e 500 mililitros de salina e vitamina C na luta contra Pacquiao, quantidade superior ao limite permitido pela Agência Mundial Antidoping (WADA). Daí toda a bronca de Mayweather. Ele deu entrevista e começou falando sobre o fim de sua carreira. "Quem quer que seja, eu escolho após vencer Manny Pacquiao, a imprensa sempre terá algo a dizer. Amir Khan? Vocês comentam sobre Berto ter perdido três de suas últimas seis lutas, mas Khan também perdeu três vezes e Andre (Berto), como ele, é bicampeão mundial", afirmou o lutador.

Após a vitória sobre Pacquiao, ele ganhou o direito de escolher seu oponente. "Meu sonho sempre foi o de ser o melhor. Não importa o que aconteça na noite de sábado. Quando se trata de boxe, eu sempre serei o melhor", disse, mostrando que ainda sustenta sua marra. Mas comentou também que nunca subestimou nenhum oponente e que a luta de sábado exige que ele dê o máximo nos treinamentos.

"Nunca subestimei um oponente. Eu tenho certeza que não fiz isso com Berto. Se tenho dado o máximo de mim nos treinamentos para esta luta? Absolutamente. Eu espero uma luta difícil".

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
boxeoutros esporteslutas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.