Ana Patrícia/ UFC
Ana Patrícia/ UFC

Governo do Ceará garante realização do UFC em Fortaleza apesar de ocupação da Força Nacional

Centro de Formação Olímpica será palco da primeira edição do Ultimate no Brasil em 2019

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2019 | 04h30

O Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, que vai receber a primeira edição do UFC no Brasil em 2019, está sendo utilizado como alojamento das equipes da Força Nacional, que estão ajudando a combater a onda de violência registrada no Ceará desde o início do ano. Mas as autoridades garantem que o evento no dia 2 de fevereiro será realizado.

De acordo com o Governo do Ceará, a presença no local das equipes da Força Nacional não vai prejudicar a organização do evento. "A Força Nacional ocupa uma determinada área do Centro de Formação Olímpica (CFO), o que não afeta a realização do evento do UFC que está previsto para acontecer no ginásio principal do equipamento", diz a Secretaria do Esporte em nota.

Apesar da garantia de que o UFC terá seu palco em Fortaleza, o mesmo não ocorreu com o time do Basquete Cearense. Na quarta-feira, a equipe deixou de mandar sua partida no CFO e utilizou o Ginásio Paulo Sarasate para receber o Paulistano, pelo NBB. A Liga Nacional de Basquete, inclusive, já agendou as outras duas partidas seguintes do time em casa (contra Mogi e Corinthians) para o mesmo local, colocando o retorno ao CFO somente em 13 de fevereiro, no duelo com o São José.

Questionado pela reportagem do Estado sobre a possibilidade do local ainda abrigar a Força Nacional no próximo mês, no período do UFC, o governo garante que "se necessário, haverá uma adequação na utilização do complexo", localizado ao lado do Castelão, principal estádio da cidade e que foi usado na Copa do Mundo de 2014.

Desde o último sábado, 300 homens da Força Nacional estão dando apoio ao efetivo militar no Ceará, que conta com registros de ataques em órgãos públicos e privados em ao menos 36 municípios de todas as regiões do Estado. Em Fortaleza, 33 bairros sofreram com os atos de violência.

Recentemente, o UFC precisou trocar o local de um dos seus eventos. A edição 232, que inicialmente seria realizada em Las Vegas, foi transferida para Los Angeles com menos de uma semana para sua realização. Na ocasião, o motivo foi um veto a Jon Jones para lutar no Estado de Nevada após um resultado positivo em um exame antidoping. Com isso, o evento foi para a Califórnia.

Procurado pela reportagem do Estado para dar o seu posicionamento sobre a atual situação do Centro de Formação Olímpica, o UFC mas não se manifestou sobre o caso.

CARD E INGRESSOS

O primeiro evento do UFC no Brasil em 2019 terá como destaque a revanche entre Raphael Assunção e Marlon Moraes. Já a segunda luta principal da noite conta com a presença do ex-campeão José Aldo no octógono para encarar o brasiliense Renato Moicano. Ainda no card principal, Demian Maia enfrenta Lyman Good.

Com ingressos a partir de R$ 75 (meia-entrada), a edição Fight Night na capital cearense segue com entradas à venda pelo site tudus.com.br e pela loja oficial do UFC localizada no Shopping Iguatemi Fortaleza.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.